Buscar
  • Christina Brazil

Chris Brazil - vida e arte.

No dia 25 de julho de 2013 publiquei meu primeiro texto, Um olhar sobre o meu Olhar: Formas de ver o Mundo, no antigo blog Inclusão: Casos e "Causos"¹. Hoje, quase sete anos depois, estruturo um site com uma roupagem mais profunda e ampla, mas sem perder a essência original.


A arte é, sem dúvida, a ponte que construí entre os mundos em que habito, por isso a ideia do site mudou um pouco, as publicações contam com produções textuais e imagéticas, bem como temas voltados, não só à inclusão, pois entendo que através da arte consigo projetar minha Alma onde meu corpo não consegue chegar, viajo por constelações insólitas e enigmáticas sem sair do lugar.


Mesa de pintura de Chris Brazil

Esse é o convite que faço aos/as meus/minhas leitores(a) em minhas publicações no site Chris Brazil - vida e arte: Viajar através da arte, por constelações insólitas e enigmáticas sem sair do lugar.


Hoje pinto sonhos

Sigo o rastro das estrelas

Abraço as nuvens

Vejo o translúcido

Vivo o inimaginável...²

Acredito que a vida em sua totalidade é uma arte indescritível, desta forma, estar no mundo, de forma consciente e ativa, requer Coragem é Fé. Penso que ao compartilhar meus textos e imagens, eu construo pontes, visto que meu compromisso de vida é ser/estar/sentir o/no mundo de modo ativo, verdadeiro e, sobretudo, em prol do Bem, Bom e do Belo.


E para quem está visitando este site pela primeira vez e não me conhece, subscrevo, com pequenos ajustes, parte do texto Um olhar sobre o meu Olhar: Formas de ver o Mundo (BRAZIL, 2013, s/p):


Organicamente falando sou baixa visão devido à toxoplasmose congênita macular nos dois olhos o que compromete a parte central da retina. Tenho acuidade visual de aproximadamente 5% nos dois olhos. A leitura e a maioria dos registros visuais são feitos com o olho esquerdo, no qual tenho visão central. No caso do olho direito tenho poucos registros periféricos.
Caro(a) leitor(a), se você estiver pensando que meu Olhar se restringe à acuidade mencionada no parágrafo anterior, está muitíssimo enganado(a). Quando olhamos algo, não usamos apenas a visão, eu não uso. Ouso afirmar aqui, por experiência de vida, que meu olhar engloba os cinco sentidos - visão, audição, olfato, tato e paladar – comuns a todos os seres humanos, mas que em minha opinião, desenvolvi uma capacidade mais aguçada devido ao déficit da visão.
Minha percepção de Mundo é brilhantemente descrita por Carlo Ginzburg, quando este descreve o Paradigma Indiciário, que em resumo, é a utilização de pistas, sinais, indícios, por vezes infinitesimais aos olhos desatentos. A alegoria do caçador é excelente, pois, quando este, reconstrói “as formas e movimentos das presas invisíveis pelas pegadas na lama, ramos quebrados, bolotas de esterco, tufos de pelos, plumas emaranhadas, odores estagnados. Aprendeu a farejar, registrar, interpretar e classificar pistas infinitesimais como fios de barba. Aprendeu a fazer operações mentais complexas com rapidez fulminante, no interior de um denso bosque ou numa clareira cheia de ciladas” (GINZBURG, 2009 p.151).
Ops! E se eu dissesse que esses olhos desatentos, não são tão desatentos, mas possuem um déficit visual; que o denso bosque, as presas invisíveis alegoricamente representam uma imagem limitada capitada pelos olhos?
Podemos escolher, nos limitar simplesmente às imagens captadas pelos nossos olhos, ou complementar nosso “olhar”, que no meu caso, se assemelha ao do Caçador. Por isso ousei afirmar que “vejo” com os cinco sentidos e, principalmente, com a mente e com o coração.
Então, quando lerem meus textos e olharem minhas imagens, sugiro que entrem em sintonia com o Caçador de Ginzburg.

Boa semana!

Notas:

¹ https://inclusaocec-blog.tumblr.com/

² Poema publicado no texto: “3 anos de Tumblr!!! Parabéns Inclusão: Casos e ‘Causos’!!!”, em 25/09/2016 no Tumblr (https://inclusaocec-blog.tumblr.com/).

Referência:

BRAZIL, Christina Holmes. Um olhar sobre o meu Olhar: Formas de ver o Mundo. Site Inclusão: casos e causos. Publicado em 25 de julho de 2013, 2013. Disponível em https://inclusaocec-blog.tumblr.com/post/56460368328/um-olhar-sobre-o-meu-olhar-formas-de-ver-o-mundo Acesso em 06/06/2020.

GINZBURG, Carlo. Mitos, Emblemas, Sinais. Morfologia e História. São Paulo: Cia. das Letras. 2ª ed. 2009.

27 visualizações1 comentário

© 2023 by The Mountain Man. Proudly created with Wix.com

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon